Mirando um futuro próximo, 2017 e os anos seguintes, vamos explorar as tendências emergentes para o mobile commerce, além das oportunidades e desafios que estão por vir.

3 min de leitura

Conheça o Mobfiq – a plataforma de desenvolvimento de aplicativos nativos da Fulllab


Como diz o ditado, o ano só começa depois do carnaval… alto lá, não aqui! Nossa produção já está a todo vapor! Mas aproveitando esse clima de largada, resolvemos compartilhar essa postagem que lista as maiores tendências no mobile commerce para esse ano. Traduzimos os comentários desse infográfico super completo criado pela Perception System. A versão original em inglês você confere no final do texto.

Pagamentos Mobile

O rápido crescimento da industria de pagamentos mobile é um forte indicador de que o mobile commerce representa o futuro do e-commerce.

Em 2012 foram gastos mais de $12,8 bilhões de dólares no mercado americano através de métodos de pagamento mobile. A previsão para este ano é de que sejam gastos $90 bilhões somente nos Estados Unidos. Isso representa um crescimento de 48% se comparado à 2012.

 

Crescimento do número de usuários de smartphone

As estatísticas mostram que de 2014 à 2016 houve um crescimento de aproximadamente 33% no número de usuários de smartphone em todo o mundo. A previsão é de que esse número chegue à 2,32 bilhões em 2017 e que supere a marca de 3 bilhões em 2020.

 

E-commerce nos smartphones

O mercado de m-commerce americano testemunhou o maior avanço já registrado em 2016, quando mais do que dobraram os resultados de 2014. Foram $123,13 bilhões de dólares faturados em 2012, enquanto a previsão para 2017 chega à $151,11 bilhões.

 

B2B Mobile Commerce

O mercado B2B está apostando e alavancando cada vez mais o mobile commerce para aumentar suas vendas. Em 2012 cerca de 70% dos millenials já usavam aplicativos mobile para comprar produtos. A previsão é de que esse mercado atinja seu auge após 2017.

 

Lojas de aplicativos mobile

Uma pesquisa recente revelou que aplicativos podem gerar mais receita para o seu negócio do que o browser mobile e até mesmo do que o desktop. A conclusão foi baseada no valor que os usuários gastam por transação.

No comparativo os aplicativos mobile de varejistas registraram um valor médio de $116 dólares por compra, enquanto no desktop esse valor fica em torno de $100 dólares. O desempenho do browser mobile ficou mais abaixo, em torno de $91 dólares por transação.

 

Novas Tendências

2017 promete ser o ano em que novas tecnologias, conceitos e funcionalidades serão amplamente adotadas, e que as tendências para o mobile commerce serão definidas

  • Tecnologia de Reconhecimento de Imagem (MIR)

Usuários poderão scanear produtos nas ruas, a bordo de um voo, em uma festa ou em qualquer outro lugar. A tecnologia de reconhecimento de imagem irá identificar o produto, buscar as melhores ofertas no varejo e mostrar na tela do smartphone, onde a compra poderá ser finalizada com apenas um clique.

  • Vídeos

Até 2020 os vídeos representarão mais de 80% do tráfego de toda a internet. Em 2017 os e-commerces explorarão todo o potencial dos vídeos para aumentar as vendas. Com a expansão da internet 4G, os usuários mobile vão passar a consumir conteúdos de mídia com mais qualidade e agilidade. E isso irá gerar uma mudança de paradigma nos esforços de marketing de conteúdo em vídeo para dispositivos mobile.

  • Realidade Aumentada

Este ano veremos um crescimento de apps interativos como Ink Hunter e Lenskart. Os varejos estão buscando proporcionar aos consumidores mobile mais interatividade e experiencias de imersão com os produtos. Os usuários poderão experimentar produtos virtualmente através de seus celulares, e ainda tirar fotos antes de comprá-los.

Para saber mais sobre essa tendência, leia mais no artigo “O que é Realidade Virtual (VR) e Realidade Aumentada (AR)?”

  • Tecnologia de comunicação por aproximação (NFC)

Esta tecnologia proporciona muito mais facilidade e agilidade no compartilhamento de arquivos e informações. Possibilita a realização de pagamentos com os smartphones apenas por aproximação. Basta ter seus cartões sincronizados com o celular e aproxima-los dos terminais de pagamento.

 

Conclusão

As tendências que estão surgindo, o desenvolvimento e a integração das mais recentes ferramentas e tecnologias da Internet, a rápida inclusão de smartphones na população e a mudança de paradigma dos consumidores para o mobile commerce sinalizam uma nova revolução que está prestes a acontecer, agora em 2017.

 

Infográfico com tendências no mobile commerce para 2017

Infográfico com tendências no mobile commerce para 2017

Infographic Via Perception System